FINIT 2017: HUB Conecta une talentos, startups e empresas
Publicado: 03/11/2017 11:09 | Atualizado: 03/11/2017 14:33

Novos negócios e relacionamentos marcaram o terceiro dia da FINIT (02/11), com o início da programação do HUB Conecta. A iniciativa do HUB Minas Digital, conta com dois palcos na feira: um próprio e um de apoio, o Diamond Valley - que recebeu o nome de uma comunidade do ecossistema mineiro,  por meio de votação no portal do Sistema Mineiro de Inovação (SIMI). 

O evento, que tem como proposta unir talentos, startups e grandes empresas,  foi dividido em dois momentos – manhã e tarde – ambos com resultados surpreendentes. O coordenador do HUB Minas Digital, Rodolfo Zhouri, comemora: “Hoje foi um grande sucesso. Reunimos mais de 600 pessoas fechando negócios, sendo que aproximadamente 100 empresas se conectaram a 200 startups.”.

Pela manhã, o HUB Conecta Talentos foi voltado para contratações, linkando startups a potenciais talentos no mercado de trabalho. Em parceria com a Gama Academy, o evento recebeu o The Jobs, que reuniu 20 candidatos, dos quais 18 saíram empregados. Um aproveitamento que beira a excelência, com 90% de sucesso. Guilherme Junqueira, CEO e fundador do Gama Academy, comenta a inusitada iniciativa: " O que aconteceu aqui hoje foi inédito, onde a gente simulou um The Voice, só que em vez de ser um cantor, foram candidatos que faziam um pitch de 1 minuto para seis empresas patrocinadoras e a cadeira era virada, caso houvesse interesse. Alguns participantes tiveram várias cadeiras viradas e puderam escolher em que empresas queriam trabalhar".

Já na parte da tarde, no HUB Conecta Mercado, grandes empresas se aliaram a startups em busca de  soluções para desafios e dores que enfrentam. Impressionada com o ecossistema de Belo Horizonte, a Diretora de Vendas da multinacional Serasa Experian, Andrea Pompermayer apresentou o polo inovador para a sua empresa, que decidiu comparecer à FINIT para conhecer o que Minas Gerais pode oferecer.  Sua participação no evento teve as expectativas atendidas: “Momento muito rico para a troca de experiências. Fizemos conexões com empresas de marketing digital e market place de serviços, além de conseguirmos apresentar um pouco dos nossos projetos”.

 

No fim do dia, a Prof.ª Dr.ª Adriana Ferreira de Faria da Universidade Federal de Viçosa (UFV) subiu ao palco HUB para apresentar os resultados obtidos no Censo Mineiro de Startups e Empresas de Base Tecnológica. A ação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SEDECTES) buscou identificar e caracterizar essas instituições, almejando fornecer informações consistentes que auxiliarão nas políticas e ações de apoio ao empreendedorismo. Segundo a professora, o estudo foi realizado em 5 meses e reuniu 473 entidades:: “A FINIT é o melhor local para dar visibilidade à pesquisa, porque reúne startups e EBTs de todo o estado, inclusive as que não participaram da mesma. Esperamos que a base de dados de identificação dessas empresas possa ser utilizada pelo próprio HUB para conectar e fazer negócios.”, comenta.

A programação continua na sexta-feira (03/11) com o HUB Conecta: Conexão Minas Mundo, que visa estreitar parcerias internacionais e apresentar cases de relações já estabelecidas por empresas mineiras com outros países.