Fernando Pimentel lança Programa +Oportunidade
Iniciativa oferece ação completa para o desenvolvimento econômico e social por meio de inovação, tecnologia e economia criativa
Publicado: 15/09/2017 15:49 | Atualizado: 22/09/2017 10:55
Divulgação Divulgação

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, lançou nesta sexta-feira (15/9), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, o programa +Oportunidade, uma ação pioneira que tem como objetivo gerar crescimento econômico e social por meio da inovação, da tecnologia e da economia digital e criativa. Na ocasião, o governador também participou do lançamento da Mostra Inova Minas.

O +Oportunidade é uma iniciativa que compreende programas da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes). Com ele, o governo de Minas Gerais busca expandir para todo o Estado o ambiente de inovação já existente na capital mineira, proporcionando novos espaços de fomento ao empreendedorismo e incentivando a geração de novas empresas, em todos os territórios de desenvolvimento.

O governador destacou que o novo programa traduz o espírito do estado, de conciliar tradição e inovação. “O que nós estamos celebrando aqui é uma característica muito mineira, que é conseguir combinar de maneira exemplar a tradição com a inovação. Isso não é mérito do nosso governo, é mérito dos mineiros e das mineiras, que têm essa capacidade fantástica de preservar a nossa tradição, mas ao mesmo tempo avançar rumo ao futuro com programas inovadores, democráticos. E, em Minas, isso é uma necessidade vital.  O estado tem quase 300 municípios com menos de 5 mil habitantes e, como é que você vai ter uma política pública abrangente para equalizar a oferta de oportunidade? Só tem um jeito: é com a inovação, com a tecnologia da informação”, afirmou, em discurso.

De acordo com Fernando Pimentel, o objetivo do governo é continuar inovando como alternativa para superar a crise. “Inovar é a nossa tradição. Vamos continuar fazendo isso com sucesso, com alegria, enfrentando essa crise terrível que o Brasil está vencendo.  Vamos enfrentar com serenidade as dificuldades, sem deixar de trabalhar e, sim, buscar sempre a inovação, porque é ela que assegura que a gente esteja sempre um passo à frente. E estamos um passo à frente da maioria dos Estados, em todas as áreas”, completou.

Com a iniciativa, o Estado unifica seis programas que têm como foco a inovação, o empreendedorismo, a criatividade, a formação de startups e a qualificação profissional. São eles: Meu Primeiro Negócio, Startup Universitário, SEED, Uaitec, Inova Pro e Minas Inova. Com essa junção, o Estado passa a oferecer uma ação completa de apoio ao desenvolvimento mineiro, dando atenção às empresas, no seu primeiro ano de vida, além de uma grande oferta de serviços, profissionais capacitados, mais oportunidades de emprego e renda, além de uma educação voltada ao empreendedorismo.

O secretário Miguel Corrêa Júnior ressaltou que, com o conjunto de ações do programa +Oportunidade, o governo do Estado irá investir em empresas que apostem na tecnologia com ideias inovadoras.  As iniciativas serão feitas em parceria com escolas e universidades públicas e privadas.

“O que estamos anunciando aqui hoje é que o Estado passa a contar com 200 aceleradoras públicas em todas as regiões. Não encontraríamos parceiros mais adequados e com expertise mais acumulada que as nossas universidades. O Estado de Minas Gerais entra com profissionais qualificados para atuar nessa formação, na melhoria do desenvolvimento dessas ideias, além de retirar os custos principais que essas empresas teriam no início da vida, como aluguel, luz, água, telefone, internet e infraestrutura para desenvolver o seu negócio”, disse.

O secretário explicou que, na segunda fase do projeto, o governo irá investir recursos nas empresas. “Junto com a Codemig e a Fapemig, estamos criando um fundo para colocar investimento direto nessa juventude, fazendo com que a gente consiga colocar em torno de R$ 20 mil, R$ 30 mil até R$ 100 mil em uma empresa. Isso significa fazer com que a empresa possa dar certo. Isso a fundo perdido, não é empréstimo. Em alguns casos, em troca de um pequeno percentual da empresa para o Estado também se tornar sócio desse modelo de desenvolvimento”, salientou.

O Estado já mantém diversas ações que auxiliam jovens a concretizarem suas ideias inovadoras. Alguns deles participaram do evento, como Marcelo Gonçalves Tavares Neto, de uma escola pública de Contagem. Orgulhoso, ele conta o game que criou aos 14 anos. "Criei um jogo de terror para computador. É um menino que tem que explorar com os amigos dele uma caverna amaldiçoada. Ele vai passando por vários obstáculos até conseguir. Sempre sonhei em criar um jogo desde pequeno e, sem esse apoio, eu não teria conseguido".

O estudante Willian Alves Ferreira, de 17 anos, também contou sobre o seu talento que foi incentivado por meio do programa Meu Primeiro Negócio, do Governo de Minas Gerais.  "Criei um suporte de celular para bicicleta para resolver um problema que eu enfrento, já que sou ciclista e o meu celular vive caindo, e ajudar outras pessoas também”, disse o estudante de Belo Horizonte.

Mostra Inova Minas

A Mostra Inova Minas, que será realizada entre esta sexta-feira (15/9) e domingo (17/9), é um evento que busca divulgar o esforço realizado por universidades e centros de pesquisas para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação no Estado, por meio do reconhecimento a projetos de pesquisas que contribuem para solucionar problemas do cotidiano. Os trabalhos são escolhidos conforme os resultados gerados e em sua capacidade de criar soluções inovadores capazes de gerar emprego e renda.

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), professor Evaldo Ferreira Vilela, também destacou os investimentos do governo no Estado nas áreas da inovação para geração de renda e conhecimento.

“O nosso objetivo é trazer para a Praça da Liberdade o cientista e a ciência, para que o mineiro entenda e perceba que Minas tem cientistas fomentados pelo governo do Estado, em nível mundial. Estamos imbuídos de trazer os eventos mais duros da ciência, mas também os mais lúdicos, para que as pessoas entendam que ciência é economia e oportunidade”, frisou.

O presidente da Fapemig, ao lado do governador Fernando Pimentel, entregou o prêmio “Amigo da Ciência, Amigo da Fapemig” ao professor Evandro Mirra de Paula e Silva e a Leonardo Dias, subsecretário da Sedectes, por incentivarem a ciência e o conhecimento em Minas Gerais. 

Também participaram do evento o cônsul geral do Reino Unido, Thomas Nemes, o reitor em exercício da UFMG, José Nogueira, a reitora da UFV, Nilda de Fátima Ferreira, os secretários de Estado de Educação, Macaé Evaristo, de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas, Epaminondas Pires, de Cidades e Integração Regional, Carlos Murta, o controlador geral do Estado, Eduardo Martins, a presidente do Iepha, Michele Arroyo, além do deputado estadual Durval Ângelo, prefeitos e demais autoridades.

Certificados a estudantes

Antes do evento, o governador entregou, ao lado da secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, também no Palácio da Liberdade, certificados de honra ao mérito a alunos e professores de escolas estaduais da capital. Os estudantes da Escola Estadual Maurício Murgel foram homenageados por terem participado de uma olimpíada internacional de matemática realizada em Kuala Lumpur, na Malásia, em agosto deste ano. Entre eles, a aluna Juliana Luiza Paula de Araújo tirou 3º lugar na Asia International Mathematical Olympiad – AIMO 2017, competição que reuniu mais de 2 mil estudantes de 13 países, matriculados do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental ou qualquer série do Ensino Médio.

Já uma aluna da Escola Estadual Três Poderes, Laura Krueger, juntamente com dois professores, foi homenageada por ter desenvolvido uma pesquisa que investigou a Síndrome de Burnout (Síndrome do Esgotamento Profissional) entre professores de uma escola em Belo Horizonte. Laura apresentou o estudo durante encontro promovido pela Universidade Imperial College entre 26 de julho e 9 de agosto de 2017.