CEAD vai elaborar material didático para curso com 43 mil policiais militares sobre registro do TCO
Curso a distancia capacitará 43 mil PMs em todo o Estado
Publicado: 23/03/2017 15:35 | Atualizado: 23/03/2017 15:36

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), por intermédio do Centro de Educação a Distância (CEAD), vai elaborar o material didático e as ferramentas de multimídia (objeto interativo) para o curso de capacitação sobre o registro do Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO), da Polícia Militar de Minas Gerais. Serão capacitados 43 mil policiais em todo Estado pelo curso no modelo de educação a distância, que será oferecido pela própria PMMG.

A parceria entre o CEAD/Unimontes e o comando da Polícia Militar mineira foi acertada em reunião realizada pelo sistema de videoconferência. O projeto tem como responsável o diretor de Apoio Operacional da Polícia Militar, coronel Mauro Lúcio de Moura Alves. A iniciativa conta com a participação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), com o apoio do subsecretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Márcio Rosa Portes.

O Termo Circunstanciado de Ocorrências consiste no registro de fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo, que tenham a pena máxima cominada em até dois anos de cerceamento de liberdade – ou multa. Os policiais militares serão capacitados para os registros do TCO em formulário impresso e no sistema on-line.

O curso de capacitação sobre o TCO terá carga horária de 20 horas, divididas entre parte teórica (jurídica) e parte prática, na qual os militares realizarão a lavratura do Termo. O projeto do CEAD/Unimontes tem como objetivo estruturar a plataforma de ensino a distância para capacitar os policiais militares para identificação dos conceitos, fundamentos, legislação e procedimentos relativos à confecção do termo.

Conforme a professora Patrícia Takaki Neves, do CEAD e do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET), da Unimontes, a instituição vai desenvolver o material didático (apostilas com os conteúdos) e o material interativo (infográficos, animações e textos), que serão disponibilizados para os alunos do curso no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), baseado no Moodle (plataforma) da própria PMMG. As aulas a distância serão ministradas por meio da sala virtual da Polícia Militar, em Belo Horizonte.

Ela explica que a elaboração do objeto interativo de aprendizagem – ou ferramenta de multimídia – é um processo multidisciplinar que envolve vários profissionais em suas diversas áreas de atuação. Nele, o conteúdo do curso passa por um projeto instrucional no qual são determinados os melhores métodos e recursos a serem utilizados no processo de ensino-aprendizagem. A proposta é articular as informações e os recursos de modo a transformar o conteúdo em algo mais atrativo, com adaptação do conteúdo às ferramentas da educação a distância.

Como parte do projeto, no dia 8 de março foi realizada a capacitação metodológica dos responsáveis pela elaboração dos conteúdos teórico/prático do curso. A equipe é formada pelo major Israel Calixto Júnior, Major Leonardo dos Santos da Silva e capitão Lúcio Ferreira da Silva Neto. A capacitação foi ministrada pela professora Patrícia Takaki Neves, que também integra o Departamento de Ciências da Computação.